Em Kyoto com crianças

Quem nos acompanha sabe que recentemente fomos a Kyoto, uma viagem de bate e volta, em uma época de alta temporada. Então imaginem a superlotação que estava.

Isso por si só, já é um fator preocupante para quem tem filhos pequenos. Além disso outras dúvidas podem surgir como: acessibilidade para carrinhos, preços de tickets, refeições, fraldários, etc. Então vou contar como foi nossa experiencia e dar algumas dicas.

O nosso roteiro foi: Arashiyama (ponte togetsu-kyo, floresta de bambu), Ryoan ji, Kinkaku ji, Bairro de Gion, Kiyomizu dera.

<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: "ca-pub-9432609347818363",
enable_page_level_ads: true
});
</script>

Dica 1: Chegue cedo! Independente do seu roteiro, chegue no primeiro horário, assim você terá chances do lugar estar vazio, sendo mais fácil caminhar e explorar com os pequenos.

Togetsu kyo: É aberto 24 horas e gratuito, por isso foi nossa primeira parada. Aqui é tranquilo com as crianças, a ponte tem proteção para a rua, a acessibilidade para carrinhos é ótima, porém tem alguns degraus caso você queira ter um visual da ponte de um ponto especifico.

Floresta de Bambu

Se você vier caminhado da ponte até a floresta ( ou vice e versa) é recomendável que venha pela avenida principal (rota 29). A outra opção seria passando por dentro do Parque Arashiyama ( foi o caminho que fizemos ) porém há uma certa inclinação, algumas escadas e um chão de paralelepípedos.

O percurso na floresta em si é tranquilo, dependendo apenas do horário que você for, pode encontrar o lugar super lotado, o que dificulta a caminhada, já que o caminho é bem estreito. 

Há banheiros públicos no local e também lojas de conveniências onde é possível fazer trocas de fraldas dos pequenos.

<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: "ca-pub-9432609347818363",
enable_page_level_ads: true
});
</script>

Dica 2: procurem pelos trocadores nos banheiros para deficientes. Normalmente ficam nesses banheiros para que seja possível a troca ser feita tanto pelo papai quanto pela mamãe. 

 

Templo de Ryoan -ji 

Aqui o passeio e mais curto, considerando que todo o complexo é fechado. Antes de chegar ao templo tem o jardim, e o caminho é uma rua asfaltada. Porém o acesso ao templo se dá por uma escadaria e para entrar no templo é preciso tirar os calçados.

Há banheiros no local, próximo as barquinhas de omiage. A taxa de entrada para  adultos é de ¥500 para adultos, crianças menores de 15 anos não pagam.

 

Pavilhão Dourado

Este é, sem duvidas o lugar mais visitado de Kyoto, no entanto é também o mais complicado pra andar com as crianças. O caminho é todo de pedrinhas soltas, muitas escadas, degraus, terreno irregular. Um sling aqui é a solução. Além disso as caminhos são estreitos mas, os japoneses e os visitantes são bem organizados, os espaços e a vez de cada um são muito respeitados. Aqui também há banheiros públicos e varias          de omiages, lanches e sorvetes. A taxa de entrada para adultos é de ¥400 para adultos, crianças de 6~15 anos ¥ 300, crianças menores de 6 anos gratuito.

 

<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: "ca-pub-9432609347818363",
enable_page_level_ads: true
});
</script> 

Bairro de Gion

Foi onde paramos para o almoço, e olha, foi uma maratona. Encontrar um lugar pra comer foi mais difícil do que pensei que fosse. Os restaurantes em geral são bem pequenos e como a cidade estava lotada, os restaurantes também estavam.

Dica 3: Levem obento de casa ou comprem no combine. A não ser que você faça questão de comer em algum restaurante típico de Kyoto. E restaurante com crianças, quem é mãe e pai sabe, tem q ter tempo e paciência. Andar pelas ruas e recomendado usar carrinho de bebe, o bairro é grande, as ruas principais tem calçadas que ficam tomadas por pedestres.

Kiyomizu dera

Para chegar até o local do templo ( que fica no topo do monte Otowa) tem uma ladeira e tanto. O acesso com carro é possível até certo ponto, depois só caminhando mesmo. A partir dai se preparem porque é escadas e mais escadas, porem existe uma rota especial para cadeirantes e pessoas com carrinhos de bebe. No completo todo há 3 banheiros, o templo é lindo e vale suuuuuper a pena a vista.

Se for comprar alguma lembrancinha compre aqui, as opções são inúmeras nas varias lojinhas que tem na entrada do templo. A taxa de entrada para adultos é de ¥400 para adultos, crianças de 6~15 anos ¥ 200, crianças menores de 6 anos gratuito.

Para ter uma noção melhor dos lugares que citei, de uma olhada nesse video do nosso tour.

https://www.youtube.com/watch?v=hGHqETUe8cE&t=18s 

para mais informações sobre acessibilidade em Kyoto click no link, está disponível em 8 idiomas inclusive inglês e espanhol, é bem ilustrativo, de fácil compreensão.

http://www.japan-accessible.com/city/kyoto.htm 

Qualquer duvida comentem ou entre em contato através da nossas redes sociais. 

instagram: @tribostrips ( https://www.instagram.com/tribostrips/ )

Facebook: @tribostrips ( https://www.facebook.com/tribostrips/ )

<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<script>
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: "ca-pub-9432609347818363",
enable_page_level_ads: true
});
</script>

Leave a comment

Name .
.
Message .

Please note, comments must be approved before they are published